Desculpa


Desculpa , menti-te...
Menti-te quando afirmei não te amar.
Menti-te para te proteger e não mais te magoar.
Enganei-me completamente para te esquecer.
Enganei-me forçadamente para não mais sofrer.

Desculpa , sofrer...
Sofrer a culpa de te ter perdido.
Sofrer por este amor desmedido.
Sofrer por tanto te querer.
Sofrer por não te ter.

Desculpa , querer...
Querer aos teus braços regressar.
Querer nos teus beijos me enrolar.
Querer a tua voz ouvir.
Querer o teu calor voltar a sentir.

Desculpa , desejar...
Desejar ao teu lado ficar.
Desejar tudo contigo partilhar.
Desejar o tempo parar.
Desejar apenas para te amar.

Desculpa , continuar...
Continuar a acreditar nesse sentimento.
Continuar a não compreender o nosso afastamento.
Continuar a cheirar a tua fragância.
Continuar a chorar a tua ausência.

Desculpa , acreditar...
Acreditar no meu coração.
Acreditar com tamanha convicção.
Acreditar que no amor tudo é possivel.
Acreditar neste amor incrivel.

Desculpa , não conseguir...
Não conseguir te esquecer.
Não conseguir esse sentimento desvanecer.
Não conseguir ter forças para ultrapassar.
Não conseguir dormir sem em ti sonhar.

Desculpa , sentir...
Sentir a força deste amor.
Sentir a dor sem pudor.
Sentir que estou vivo.
Sentir que só assim sobrevivo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O SAGITÁRIO

Nunca diga que algo é impossível