Todo que eu sou..


Eu sempre quis algumas coisas... Nunca consegui todas... Nunca sempre fui quem eu às vezes achava que eu era.... E de repente,me tornei isso tudo que sempre adoro,que às vezes odeio... Mas pelo menos ...mas ao menos...as enfim.... Alguém que sabe agora amar... Alguém que aprende com o amor,e de vez em qdo se confunde toda com ele... Mete pés pelas mãos e mãos pelos pés na maioria das vezes... Mas que ama intensamente e com a força de um furacão.. . E às vezes com a sobriedade de uma brisa leve de verão... Com cheiro de flores do campo... E na maioria das vezes se encanta com o próprio modo de amar e ser amada... E quase sempre se surpreende com os novos modos de amar que ainda existem...

Nenhum comentário: